«

Jan 07 2019

ASCC revela novidades do plano de actividades para 2019!!!

ASCC revela novidades do plano de actividades para 2019!!!

A ASCC (Associação de Surf da Costa de Caparica) revelou as principais novidades do seu plano de actividades para 2019. Dando continuidade ao trabalho realizado nos anos anteriores o clube tem como objectivo inovar e desenvolver o surf, bodyboard, longboard e bodysurf na Costa de Caparica.

A sétima edição do Circuito ASCC Caparica Power 2018 sponsored by Almada Forum terá um total de quatro etapas sendo que a competição se disputará nas categorias de Sub-12, Sub-14, Sub-18, Open e Feminino. A grande novidade consiste na introdução de prize money na categoria Open que, por certo, irá atrair alguns dos melhores surfistas nacionais a participarem nas etapas. De salientar que os quatro finalistas de cada prova terão direito a parte deste prémio monetário. Um dos objectivos é aumentar a competitividade elevando o nível de surf e, ao mesmo tempo, puxar pela aprendizagem dos surfistas da nova geração.

Este circuito tem sido o embrião de novos valores da Caparica que daqui partem para voos mais altos a nível nacional e internacional além de poderem vir a integrar a equipa do clube que irá disputar a Taça de Portugal de Surfing.

Circuito Regional da Grande Lisboa é outra das provas organizadas pela ASCC que irá trazer novamente às ondas da Caparica os novos valores do surf nacional. A 1ª etapa deste circuito conta para apurar no final do ano os melhores surfistas desta região nas categorias de Sub-14, Sub-16 e Sub-18 masculino que irão disputar a finalíssima do Circuito Nacional de Surf Esperanças.

Rip Curl GromSearch vai já na sua terceira edição na Caparica sendo uma das etapas nacionais deste evento que irá contar para levar dois surfistas portugueses à final mundial.

Uma das novidades deste ano é a realização da primeira edição do ASCC Longboard/Retro Classic Festival, um evento que irá reunir a comunidade das raízes do desporto promovendo a cultura de surf na Caparica e todo o seu lifestyle acompanhado de convívio, música e festa.

Está confirmada a segunda edição do ASCC Super Groms powered by Native Açaí, campeonato que se disputa nas categorias de Sub-8, Sub-10, Sub-12 e Sub-14 Masculino e Sub-14 Feminino. O evento foi um sucesso em 2018 e visa apoiar a iniciação à competição dos pequenos atletas num ambiente saudável de partilha com pais e treinadores.

ASCC Horta Memorial Bodyboard & Bodysurf irá disputar-se nas categorias de Bodyboard Open Masculino e Feminino, Sub-18, Sub-14, Dropknee Open e na modalidade de Bodysurf Open. A novidade é a introdução das categorias juniores (Sub-18 e Sub-14) e Feminino dando continuidade ao trabalho de formação numa modalidade que tantos títulos já deu à Caparica.

No que respeita à Formação, a ASCC irá realizar um Curso de Juízes abrindo a possibilidade a novas carreiras ligadas ao julgamento no surf.

O clube estabeleceu uma parceria com a Universidade Lusófona que irá possibilitar a realização de créditos para a renovação da Cédula de Treinador.

A datas das provas serão anunciadas brevemente logo que haja confirmação por parte das entidades oficiais.

A maior novidade deste ano é a Caparica ser palco de uma prova do circuito mundial de qualificação QS 3000 organizado pela Ocean Events e temos de agradecer ao Francisco Spínola por estar a realizar esse trabalho bem como à Câmara Municipal de Almada e à Junta de Freguesia da Costa de Caparica”, começou por salientar o presidente da ASCC, Miguel Gomes. “Em relação ao nosso circuito vamos introduzir prize money na categoria Open para os melhores quatro surfistas de cada etapa. Todos os atletas que não forem federados pela Federação Portuguesa de Surf terão uma inscrição diferente dos restantes. Adivinha-se um circuito muito competitivo e também vamos procurar dar mais e melhores prémios às categorias dedicadas aos mais jovens. No bodyboard vamos introduzir categorias para a nova geração com objectivo de fomentar o aparecimento de novas promessas desta modalidade e convidar a participação de atletas de outras zonas do país. Temos também um novo evento de longboard e pranchas retro que irá reunir as raízes do surf num ambiente de convívio. A ideia é darmos consistência aos eventos que já realizamos há vários anos e apresentar novas iniciativas inovadoras. Agradecemos a confiança e o apoio dos nossos patrocinadores e parceiros que estão a ter um papel activo no desenvolvimento destas modalidades na Costa de Caparica e, sem eles, nada disto seria possível. Desejamos a todos os atletas o maior sucesso e boas ondas”, finalizou.