«

»

Nov 20 2017

Ian Costa, Inês Bispo, Gonçalo Vieira e Martim Paulino sagram-se campeões do Circuito ASCC Caparica Power 2017 powered by Almada Forum!!!


Ian Costa, Inês Bispo, Gonçalo Vieira e Martim Paulino sagraram-se este domingo campeões do Circuito ASCC Caparica Power 2017 powered by Almada Forum. O último dia de competição contou com ondas de 0,5m na Praia do Marcelino, Costa de Caparica.
Na final da categoria Open, o local Lourenço Alves, regressado ao surf de competição após uma pausa para dar prioridade aos estudos, impôs-se ao favorito Ian Costa (2º classificado) que vinha a surfar endiabrado com manobras progressivas nas fases anteriores tendo este último realizado a melhor onda e score do dia nos quartos-de- final com 8.33 pontos e 15.83 pontos, respectivamente. Miguel Matos ficou em 3º e António Duarte em 4º.
“Estava com saudades de competir”, referiu o vencedor. “Tenho estado a estudar na universidade, que é a minha prioridade, mas quis provar que ainda tenho surf dentro de mim. As ondas estavam pequenas, mas com boa formação e deu para fazer boas manobras. Fiquei feliz com o resultado”, finalizou.
Com este 2º lugar na final, o brasileiro Ian Costa sagrou-se campeão do circuito no seu ano de estreia.
“Gostei muito de competir neste circuito”, afirmou o campeão. “O campeonato é bem organizado e tem uma estrutura muito boa. As categorias dos mais jovens têm um bom nível e estão a surgir bons atletas aqui na Costa. Para mim é óptimo para treinar porque o meu principal objectivo são as provas do circuito mundial de qualificação que vou apostar forte no próximo ano”, finalizou.
No Feminino foi Inês Bispo quem fez o dois em um ao vencer a etapa e a sagrar-se campeã do circuito pela segunda vez, após o título conquistado em 2014. Beatriz Carvalho (2ª), Beatriz Santos (3ª)e Beatriz Nunes (4º) completaram os restantes lugares do pódio.
“As ondas estiveram mais pequenas hoje e tivemos de dar o nosso melhor”, explicou a campeã. “Aqui estou a surfar em casa e sinto-me muito confortável. Divirto-me sempre imenso e estou feliz com o resultado. Para o ano estou de volta”, assegurou.
Em Sub-18, Afonso Antunes conseguiu descobrir as ondas que fizeram a diferença na final tendo sido o grande vencedor com um score de 12.24 pontos deixando em 2º lugar José Maria Bispo, Martim Paulino em 3º e Diogo Martins em 4º.
“Foi um bom campeonato”, afirmou o vencedor. “No primeiro dia as ondas estiveram melhores mas hoje, mesmo assim, o mar ainda estava divertido. Faço uma análise positiva do meu surf e ainda tenho muito caminho pela frente. É sempre bom ganhar”, concluiu.
Com o resultado obtido nesta última etapa, Gonçalo Vieira revalidou o título desta categoria alcançado no ano passado. “Esta etapa não me correu tão bem como as outras duas que venci e em que senti que estava a surfar ao meu melhor nível”, admitiu. “Entro neste circuito para treinar e conviver com os atletas da ASCC. É um ambiente descontraído com boa organização e condições para os surfistas. Para o ano a minha prioridade vai ser a Liga MEO e os estudos”, finalizou.
Nos Sub-14, a vitória sorriu a um jovem surfista muito lutador, Lourenço M. Gomes, que já vinha à procura desta vitória há algum tempo. João Crespo ficou em 2º, Ricardo Brandão em 3º e Afonso Basto em 4º.
“As ondas estiveram maiores no sábado mas hoje já estava mais pequeno”, disse o vencedor. “Na final optei por colocar-me mais à esquerda enquanto os meus adversários ficaram no outro lado. Foi bom porque consegui apanhar as ondas que queria. Acho que evoluí muito este ano e quero continuar a competir neste circuito e a ganhar mais vezes”, salientou.
Nesta categoria, também houve revalidação do título por parte de Martim Paulino que assim se sagrou bi-campeão. O jovem local da Caparica alcançou o título por antecipação e optou nesta etapa por competir apenas nos Sub-18 e Open sendo que na primeira chegou à final com hipótese de se sagrar também campeão caso vencesse a etapa o que acabou por não acontecer.
“Esta etapa não foi das melhores que fiz este ano mas diverti-me bastante porque nunca tinha entrado na categoria Open”, referiu. “Consegui fazer bons scores e conhecer novas pessoas o que foi óptimo. Nos Sub-14 surfei bem ao longo do ano tal como aconteceu no ano passado. O objectivo para o próximo ano é ser campeão nos Sub-18 e tirar bons resultados no Open”, concluiu.
Em jeito de balanço final, o presidente da Associação de Surf da Costa de Caparica, Miguel Gomes, salienta a importância deste circuito que se realiza pelo quinto ano consecutivo. “Fechámos este circuito com chave d’ouro com a etapa que teve o maior número de inscritos”, salientou. “Assistimos a alto nível de surf e provámos que o trabalho de cinco anos está a dar frutos. Estamos a cumprir com aquilo que pretendemos que é colocar a Costa de Caparica novamente no topo do surf nacional. Vários dos nossos atletas foram chamados à selecção nacional e sagraram-se campeões da Europa. Um dos nossos sonhos é termos um dia um atleta da Caparica a competir no circuito mundial de qualificação e quem sabe até chegar ao Championship Tour. Temos muitas novidades para 2018, um ano que pode ser de viragem para que o circuito possa tornar-se ainda mais profissional. Ao fim de cinco anos este circuito está mais sólido que nunca mas há ainda muito trabalho por fazer. Temos de agradecer aos nossos patrocinadores, porque sem eles nada disto era possível, e
também aos atletas, pais e treinadores”, finalizou.
 
A ASCC irá anunciar brevemente a data do jantar convívio de celebração do final do circuito estando todos os atletas, pais e treinadores convidados, altura em que serão atribuídos os troféus aos campeões.
Resultados finais:
Open
1º Lourenço Alves – 10.24 pontos
2º Ian Costa – 8.07
3º Miguel Matos – 6.60
4º António Duarte – 6.20
 

 

Feminino
1º Inês Bispo – 10.60 pontos
2º Beatriz Carvalho – 7.90
3º Beatriz Santos – 7.03
4º Beatriz Nunes – 0.57
 

 

Sub-18
1º Afonso Antunes – 12.24 pontos
2º José Maria Bispo – 11.83
3º Martim Paulino – 8.30
4º Diogo Martins – 7.06
 

 

Sub-14
1º Lourenço M. Gomes – 10.66 pontos
2º João Crespo – 9.97
3º Ricardo Brandão – 7.30
4º Afonso Basto – 7.10
 

 

Rankings finais em www.ascc.pt
O Circuito ASCC Caparica Power 2017 sponsored by Almada Forum tem como principal patrocinador o Almada Forum e conta com os patrocínios da Primvs Surfboards, Ocean & Earth, Oakley, Sticky Bumps, Homeblown, Higher Visuals e com os apoios do Marcelino Beach Club.
Conta com a Fuel TV como canal oficial e Surftotal, Beachcam e Surf Portugal como media partners.
A nível institucional os apoios vêm da Federação Portuguesa de Surf, Câmara Municipal de Almada e Junta de Freguesia da Costa de Caparica.
Mais informações:
Instagram: @ascc_caparica